19 de julho de 2013

Segredo


Sem horas. Sem coordenadas.
Sem pontos de referência.
Sem pressa nem vagar.
Diz só onde me esperas
na véspera do verão que inventaste
para clandestinamente nos amarmos.


(Graça Pires)

Sem comentários:

Enviar um comentário