29 de dezembro de 2014

Dezembro



Quem me acode 
à cabeça e ao coração
neste fim de ano,
entre alegria e dor?

Que sonho,
que mistério,
que oração?

Amor.

Carlos Drummond de Andrade

Sem comentários:

Enviar um comentário